Gelatina de Natal #2

E para o post anterior não ficar muito comprido, aqui esta a informação que falta, como elaborar e decorar a gelatina de Natal!

Em duas travessas vamos fazer duas gelatinas de sabor, uma vermelha e outra verde. Podem fazer como na receita da caixa mas adicionam uma colher de gelatina neutra em pó por cada saqueta de gelatina.

Colocamos no refrigerador de um dia para outro.

Vamos também fazer uma gelatina transparentes que é basicamente agua, açúcar e gelatina neutra em pó, para esta receita adicionei essência de laranja e umas gotas de sumo de laranja natural.

Depois de ter tudo refrigerado e solidificado ( excepto a gelatina transparente), vamos cortar estrelas das gelatinas de cores.

Depois de desenformar  , colocamos a gelatina ” tres leches” no centro de uma forma redonda maior, a volta vamos colocar camadas de estrelas de gelatina e vamos adicionar aos poucos a gelatina transparente.

é muito importante encher de gelatina transparente aos poucos, refrigerando entre camadas para assim as estrelas não ficar a flutuar e sair do lugar.

Deixamos refrigerar tudo durante pelo menos 2 horas e depois é só desemformar!

Espero que gostem, partilhem, comentem e experimentem!

Beijinhos

Cristina

20171209_194435 (2)
Gelatina de Natal

Gelatina de Natal

20171209_194435 (2)
Gelatina de Natal

Com o frio a chegar as minhas gelatinas passam a um segundo plano, todos procuramos doces mais quentes, umas ricas bolachas ou chocolates e bombons, mas as gelatinas, que não foram feitas só para o verão, podem também ser parte importante do Natal.

Gosto de ideia, e achou que outros concordam comigo, de ter uma opção mas fresca e até menos calórica como sobremesa para as nossas festas de Natal. Portanto aqui deixo-vos uma ideia simples mas deliciosa de uma gelatina de Natal com um nova receita de gelatina ” Tres Leches” para dar esse toque mas               ” quente” na sobremesa.

” Tres Leches” é uma mistura muito típica da america latina onde misturamos três tipos de leite , normalmente leite evaporado, leite condensado e natas, mas pode ser trocado por outros tipos de leite. Com esta mistura é feito um bolo banhado neste molho, que é deliciosos!

começamos com a preparação da Gelatina ” Tres Leches”

20171208_114131

ingredientes:

1 chávena de leite

1/4 Chávena de açúcar

25gramas de gelatina neutra em pó

1/4 chávena de agua

150g de leite evaporado

150g de natas ou leite condensado ( se preferem mais doce)

1 colher de essência de baunilha

Primeiro hidratar a gelatina no 1/4 de chávena de agua durante 2 minutos até ficar como na fotografia, depois vai a dissolver no microondas durante 30 segundos.

20171208_114937

Num recipiente, vamos misturar o leite aquecido com o açúcar até ficar totalmente dissolvido.

Aparte misturamos o leite evaporado com as natas ( ou o leite condensado) mais a baunilha.

Juntamos as duas misturas de leite e finalmente adicionamos o gelatina já diluída. Para fazer o efeito desta gelatina de Natal coloquei a receita de gelatina ” Tres Leches” numa forma redonda media e deixei solidificar durante 24 h na geleira.

 

No próximo post vou explicar como fazer o efeito mosaico e como decorar esta linda gelatina de Natal!

Espero que gostem, partilhem , experimentem e comentem!

Beijinhos

Cristina

Ups!….a culpa é do Pinterest! ( ou não?)

Bom dia aos que seguem este blog, hoje estou a escrever uma receita que foi um rotundo fracasso mas que como o fénix, ressurgiu das cinzas e qual Cinderella, transformo-se em um ( pequeno) êxito, que não penso repetir.

Cada semana como sempre tento organizar as minhas ideias para fazer posts diferentes e com aquilo de ” Thanksgiving” , pensei; tenho de fazer alguma coisa com ” Pumpking”   ( abóbora) para celebrar o famoso dia de acção de graças onde  especialmente os norte americanos ficam reunidos a mesa a comer um grande ” Turkey” ( Peru)  e a comer tarte de abóbora (a minha favorita) dão graças por todas as coisas boas e ficam a rebentar pelas costuras até que alguém decide ir ao ” Black Friday” desde a quinta feira antes da meia noite!.

Bem, como sou uma pessoa bastante organizada,  com muito tempo de antecedência, decidi ir a procura de uma receita nova para experimentar e assim partilhar aqui no blog. Onde vamos procurar….????….no Pinterest of course!

Lá fui eu toda contente a encontrar uma receita de ” Bolachas de abóbora com pepitas de chocolate!”.

Comprei todos os ingredientes, e prometi a minha família um coisa maravilhosa para a quinta feira do ” Thanksgiving“, – Vão comer umas deliciosas bolachas-, – não é o meu famoso bolo do abóbora, é uma receita nova , até têm chocolate!- Então é assim….

Aqui estão todos os ingredientes, 20171121_142749

Farinha

Açúcar Mascavo

Leite

Abóbora

Pepitas de Chocolate

Baunilha

Ovo, óleo, mistura de: Fermento em Pó, Bicarbonato, Canela, Gengibre e noz Moscada.

Até aqui tudo bem. Como podem ver não estou a colocar as quantidades, Por que?…..

Porque.. POR ESTAR A CORRER NÃO REPAREI NAS QUANTIDADES E COLOQUEI LEITE A MAIS!!!!!.

Estão a ver, uma foto toda linda, com todos os ingredientes organizados, em vez de uma colher de leite coloquei UMA CHÁVENA!!!….a sério?

No passo a passo, podem ver como misturei tudo. Primeiro os secos, depois o leite com a baunilha e o óleo. Finalmente o puré de abóbora com as pepitas de chocolate.

A mistura final parece mais um bolo do que bolachas, e foi então que comecei a culpar o Pinterest!….claro, colocam receitas só pelo bonito das fotos e depois não prestam, como a receita é dum blog norte americano deve ser que as medidas estão mal traduzidas!

Então fiz um intento de bolachas que ficaram assim….

20171121_160257

O que?….que coisa é esta? Parecem aqueles pãezinhos de qualquer coisa das dietas de moda que não levam farinha nem nada.

Então, Cristina to the rescue, foi procurar forminhas de queque e ficaram umas madalenas com muito sabor, porque com tanta especiaria as bolachas até ficaram saborosas, e vamos a ver, têm pepitas de chocolate, qualquer coisa com pepitas de chocolate fica boa, verdade?

E o resultado final foi este!

Não esta mal!, depois um bocado de leite condensado e chuva de chocolate por acima e está feito.

Moral da Historia: ” Não façam as coisas a correr, há que medir bem os ingredientes e não deitem a culpa a todo e todos antes de rever o que já fizeram”.

Na minha perspectiva, de estes erros também aprendemos. Neste mundo dos doces e não só muita coisa depende da precisão do que fazemos, mas também muitas pessoas acham que errar é uma atrocidade, e ainda pior, assumir os erros é um acto de cobardia e debilidade que vai deitar abaixo todo o que se têm feito, a reputação e o nome da pessoa.

Já errei muito, já tive clientes insatisfeitos, já tive bolos incomestiveis , já errei em formações e no 99% dos casos a culpa é só minha, sem intenção, mas no final de contas sou eu a dar a cara.

Por isso tudo, este post vai dedicado as que pretendem e acreditam ser superiores e intocáveis, mas também aos valentes que assumem os seus erros e aprendem.

Uma dedicatória especial ao meu marido que acabou por comer os queque/bolachas e as minhas amigas do ginásio por servir de cobaias e ajudar-me a ver o meu erro ao revisitar a receita!.

Beijinhos a todos

Cristina

 

 

Tarta ou torta, “pie” ou tarte, bolo ou torta…..idiomas!

Como os meus seguidores, leitores e amigos já se devem de ter apercebido, eu não sou de origem portuguesa, pelo que o idioma não é o meu primeiro, já agora nem o segundo, é a terceira língua que falo, ou pelo menos tento falar, ainda que quem me conhece sabe que acaba por ser um “Portunholglish” que nem todos percebem.

Neste mundo dos bolos é toda uma aventura tentar organizar as terminologias dos diferentes doces , traduzir receitas de um idioma ao outro, explicar a clientes de diferentes origens o que é um bolo, uma tarte ou um pastel….que em Português não tem nada a ver com outros idiomas latinos.

Tentar manter uma linha de pensamento em só uma língua e ainda por acima coerente, é quase impossível para quem como eu fala varias línguas e não vive no pais da sua língua materna. E não vamos falar de estruturas gramaticais em diferentes idiomas que faz com que falemos como idiotas sem conhecimento e educação, quando na verdade é todo um problema de sintaxes e gramática.20170821_180217

Não somo totós, é só dificuldade de comunicar!. Por isso este artigo do blog vai dedicado as pessoas que lutam como eu com tentar organizar os pensamentos em só um idioma e pior ainda tentar explica-los aos outros, claro, sempre a falar em bolos!

Hoje é um bocado de humor e trava-linguas.

Español vs Portugues!

Bolo é torta, torta não é tarte, tarte é “pie” e tarta é torta!…..confusos?

Na Venezuela um bolo é uma TORTA, enquanto na Espanha uma torta é uma pancada, pelo que eles dizem biscocho , pastel o tarta, mas uma tarta não é uma tarte em Português é uma torta ou um bolo grande, porque uma tarte para nós na Venezuela é um “pie” ( inglês)

Biscocho não é biscoito, que é uma bolacha, na Venezuela é uma galleta, mas em Portugal uma galheta é uma chapada, a serio?

Ainda confusos?

Imaginem a minha vida!

Em fim, tentem sobrepor toda esta confusão para o restante vocabulário da língua Portuguesa ainda por acima na Venezuela usamos palavras diferentes do que na Espanha.

Em fim…..hoje o post do blog é assim!

Beijinhos

Cristina

Gelatine Tip #5

 

#Ferver a gelatina durante a preparação destroe as suas propriedades ficando com um resultado muito rijo ( tipo goma)20160701_173143

#Boiling the gelatine mixture during preparation destroys gelatine´s  ability to set correctly and the result is gummier.

Harry Potter´s Butterbeer

This year´s Halloween party was inspired by the Harry Potter films and books. I am a big fan of this saga so in order to have a unique Halloween Party and we were all Harry Potter fans this was the chosen theme.

Of course, all the decorations were inspired by details from the Harry Potter movies and books, have to say, Pinterest is an incredible option in order to get inspired! I made…….

 

We recently traveled to Universal in Orlando, FL where we bought some treats from the park, like  “all flavors beans” and “chocolate frogs”, but there was a special beverage we drank in the park, the Butterbeer, and here I was determined to make it!

I searched the web for many recipes and found the one that was simple and fast to make, the only thing is that here in Portugal ” Crema Soda” is not that common and it is the base of all the recipes. So I finally found the cream soda on a very big department store with supermarket area that has some international products, the rest was easy. I have to tell you, it didn´t look like the one we drank in the park but tasted just the same.

Here are the ingredients for approximately 6 peopleHPIngredientes

3 cans of cream soda

200ml of wiped cream

3 spoons of vanilla ice cream

salted caramel ( I´ll give you my own recipe that has to be made the day before!)

In a blender, mix the soda ( has to be really cold) with the ice cream and one spoon of the salted caramel. Then serve each glass topping with wiped cream and melted caramel. In the picture below I used caramel sprinkles!

Butterbeer

We all enjoy these party and the butterbeer was the “Magical” event of the evening, try this recipe and impress all your Potterhead friends!

 

Crumble de maçã!

Mais uma receita que estive a experimentar no fim-de-semana.

Adoro o tempo de outono, as cores, os sabores quentes, a maçã com canela, abóbora e bolachas de gengibre….mas este ano como o clima decidiu continuar com o calor mais uns dias e eu já tinha saudades do frio… SIM!…eu tenho SAUDADES do frio, sei que não é comum mas eu sou assim; decidi começar pela comida para entrar em ” ambiente outonal”.

20171022_135936

Para tal, fiz um ” crumble de maçã” que no fim é um bolo muito fofinho com uma camada de fruta e por acima umas migalhas doces feitas com farinha e manteiga, novamente, nada light, mas muito bom!

Ingredientes:

125 gramas de manteiga

125 gramas de açúcar

3 ovos

200 gramas de farinha com fermento

1 c. de chá de fermento

raspa de 1 limão

500 gramas de maçãs sem caroço descascadas e cortadas

Para o Crumble:

75 gramas de farinha com fermento

75 gramas de aveia ou muesli

50 gramas de açúcar moreno

75 gramas de manteiga cortada em cubos.

Primeiro batemos a manteiga com o açúcar e pouco a pouco juntamos os ovos. Finalmente a farinha até a massa ficar aveludada.

Colocamos o preparado do bolo numa forma e logo vamos dispor as maçãs cortadas por acima da massa do bolo

Para o crumble, colocar a farinha, manteiga o açúcar e aveia ou muesli numa taça e amassar com os dedos até ficar uma massa areada. Espalhe esta massa por acima das maçãs e coloque o bolo a cozer durante 45 minutos a 180ºC

Deixar arrefecer o bolo dentro da forma, eu uso formas de aros para conseguir tirar o bolo sem danificar o crumble. Este bolo pode ser guardado numa lata durante dois dias e fica maravilhoso.

Como podem ver na imagem só no almoço foi metade do bolo!

20171022_142027

Podem deixar os seus comentários e não deixem de experimentar.

Beijinhos

Cristina

 

 

 

Recheios!

20170916_092404Recheio de Nutella Caseiro:

Quem é que não gosta de Nutella?, não sei o que é de mágico na mistura de chocolate com avelãs???…TUDO!!!!!

Por ser um recheio muito popular, aqui deixo-vos a receita que normalmente uso, não é minha, encontrei na net mas é muito boa e funciona bastante bem!

Ingredientes:

  •  uma tablete ou 200 gramas de chocolate preto
  • 100 g. de natas
  • uma colher de manteiga, a receita original é sem sal, mas eu gosto do usar com sal.
  • 200 gramas de Nutella

Preparação:

Derreter o chocolate picado em banho Maria ou como eu faço no microondas em intensidade mínima para não queimar o chocolate. Logo misturar aos poucos as natas  e a manteiga mexendo sempre. Finalmente a Nutella!!!!.

Deixe arrefecer sempre antes de usar, mas fica muito melhor se for de um dia para outro na geleira.

 

Recheio de Buttercream de Oreo!

20170407_141705Muito simples, basicamente é misturar um pacote pequeno de bolachas tipo Oreo trituradas para uma receita de buttercream.

Para o buttercream ou creme de manteiga eu uso um preparado maravilhoso que compro nas lojas especializadas de cake design que faz tudo para ficar um creme bastante suave e consistente sem ser muito doce e sem ficar com o enjoativo sabor a manteiga.

Chama-se ” Buttercream Mix” da Fun Cakes, é só misturar o preparado com agua, deixar repousar durante uma hora no mínimo, e logo juntar a manteiga. O resultado é sempre fantástico e não precisa acrescentar mais açúcar.

Depois de feito o buttercrem ou creme de manteiga, deixo na geleira de um dia para o outro antes de misturar com a bolachas já esmigalhada. Assim de simples é este recheio,mas é sempre bom!

Ganache de Chocolate20160409_205559

Ganache  é uma mistura aveludada de chocolate com natas  em proporções diversas de acordo com a utilização da mistura. Fazemos o Ganache misturando as natas quentes ao chocolate em pedaços.

A mistura mais comum é de duas partes de chocolate para uma de natas.

Receita:

200 gramas de chocolate ( preto , leite ou branco)

100 gramas de natas aquecidas.

Para uma mistura mais consistente usar chocolate preto, para misturas mais liquidas usar chocolate de leite. Nunca misturar com agua!!!, para fazer uma mistura mais liquida pode usar óleo de coco.

 

 

Massa de bolachas para comer???

Sim!, quem é que não faz bolachas com pepitas de chocolate e fica sempre a comer a massa?…eu sim, e sei que muitos outros também. Assim que quando falaram-me de uma massa de bolachas para comer a colher…cru???….a sério???….esta gente já não sabe o que inventar, pois eu tinha que pesquisar!.20170916_092242

A melhor receita que encontrei, e há muitas, foi esta que usei como recheio do Super Chocolate Cake ( post anterior).

Ingredientes:

  • duas chávenas de farinha
  • 3/4 de chávena de açúcar moreno
  • 1/2 chávena de pepitas de chocolate
  • 1/2 chávena de manteiga
  • uma lata de leite condensado

Modo do preparação:

Juntar a manteiga com o açúcar até ficar cremoso, logo colocar a farinha e por ultimo o leite condensado e as pepitas de chocolate.20170916_095830

Atenção!..refrigeração!…é preciso refrigerar esta mistura durante 24 horas antes de ser usada. Para o Super Bolo de Chocolate ( receita em post anterior) coloquei a massa de bolachas na forma do mesmo tamanho do bolo e deixei arrefecer no frigorífico durante 24 horas, assim ao ser utilizada no bolo já tinha o formato do mesmo para ser parte do recheio. Usar sempre papel vegetal na forma antes de colocar a massa.

Agora é só experimentar!

Beijinhos

Cristina.